segunda-feira, 11 de Março de 2013

Bolo de Chocolate



Disse-vos no post anterior que tenho andado muito ocupada com o trabalho, e também me recordo de há uns meses atrás ter  escrito sobre uma notíciamuito boa que tinha recebido…Ainda não tinha dito aqui o que ando a fazer, mas acho que está na altura. Terminei o mestrado em Dezembro e no início de Fevereiro vim trabalhar para o Nordeste Algarvio, para uma vila aqui no interior da serra. Longe da confusão de Lisboa  e de Faro, cidades onde já vivi, e longe também, da minha terra lá no Alentejo. Está a ser uma experiência de vida fantástica, já sabem que sou uma apaixonada pela natureza…e aqui nas margens do Guadiana é o que não falta. Os dias têm sido cheios de sabores novos, que gentilmente as pessoas de cá me têm dado a experimentar  mas as receitas novas têm sido poucas…


Este fim de semana tive visitas,  para os receber fiz um bolinho de chocolate. A receita é antiga e o resultado garantido. Originalmente leva uma chávena de óleo, mas como eu só me apercebi á ultima da hora que não tinha, substitui por um iogurte. O bolo ficou fofinho e húmido, acho que todos gostaram. O dia foi fantástico. Temos de repetir brevemente.

Para o bolo de chocolate precise de:

4 ovos
2 chávenas de açúcar
2 chávenas de farinha
1 iogurte natural liquido
1 chávena de leite
1 chávena de chocolate em pó
1 colher de chá de fermento
Manteiga e farinha para untar a forma

Preparação:

1: Comecei por  untar a forma com manteiga e polvilhei-a com farinha.
2: Bati os ovos com o açúcar até se formar um preparado esbranquiçado. De seguida adicionei  os restantes ingredientes e bati tudo muito bem.
3: Levei ao forno pré-aquecido a  180ºC, durante 40 minutos.

Para a cobertura precisei de:

4 colheres de sopa de açúcar
4 colheres de sopa de leite
4 colheres de sopa de chocolate em pó
2 colheres de sopa de manteiga

 Preparação:

1: Levei ao lume todos os ingredientes da cobertura até obter uma mistura cremosa.

domingo, 24 de Fevereiro de 2013

Molotofe



A mãezinha fez anos no inicio do mês, mas a festa foi adiada e só no fim de semana passado é que houve bolinhos e se cantaram os parabéns. O emprego novo não me permite atualizar o blogue tantas vezes quanto eu desejaria nem visitar os vossos, mas continuo por aqui e sempre que tenho tempo vou ver as novidades.

Também não tenho tido disponibilidade para cozinhar como antes  e nem nos anos da minha mãe fiz nada…Foi ela a tratar de tudo. Deixo-vos a receita do Molotofe dela.


Para o Molotofe a mamãe precisou  de:

8 claras de ovo
8 colheres de sopa de açúcar
Caramelo q.b.

Preparação:

1: Começou por separar as gemas das claras. Bateu as claras em castelo e adicionou as 8 colheres de açúcar.
2: Untou a forma com caramelo.
3: Colocou camadas alternadas do preparado das claras e do caramelo.
4: Levou ao forno a 180ºc durante 6 minutos e deixou o forno arrefecer com o molotofe lá dentro. Só  o retirou do forno na manhã seguinte.

sábado, 9 de Fevereiro de 2013

Brigadeiros



Sujei as mãos, a cozinha e a roupa…nunca tinha feito brigadeiros e queria que saíssem perfeitinhos. Redondos e brilhantes como os que às vezes vejo aqui pela net. Fiquei 40  minutos agarrada a uma colher de pau, a mexer e a provar o delicioso creme que aos poucos ia engrossando…o resultado final foi bom e os brigadeiros foram servidos na minha festa de anos. A receita é do Neuza, do Sabor Intenso, podem ver aqui o vídeo e a receita original.


Para 22 brigadeiros precisei de:

1 lata de leite condensado light
60g de chocolate em pó
50g de manteiga
2 colheres de sopa de leite
Óleo q.b.
Chocolate granulado e coco ralado
Formas de papel frisado

Preparação:

1: Coloquei o leite condensado e o chocolate em pó num tacho, mexi muito bem e adicionei o leite e a manteiga.
2: Levei ao lume e deixei cozinhar em lume brando por 40 minutos sem parar de mexer (retirei do lume quando a massa começou a descolar do fundo do tacho).
3: Coloquei a massa num prato untado com óleo e deixei arrefecer. Depois fiz bolinhas com as mãos untadas em óleo e passei-as no chocolate granulado ou no coco ralado.

quarta-feira, 30 de Janeiro de 2013

Bolo de cenoura com cobertura de chocolate para uma festa especial



Dia 28 de Janeiro é sempre dia de festa cá em casa. A razão é simples há 25 anos vi o mundo pela primeira vez, ou melhor, o teto da ambulância onde nasci…A minha mãe diz que a noite estava fria e que eu fui apressada. Não sei se foi mesmo isso, mas o que é certo é que depois dessa madrugada o contador começou a contar, e já lá vai ¼ de século. Felizmente cheios de saúde e preenchidos com tudo o que uma vida tem direito, coisas boas e uma pitadinha de coisas menos boas.


O jantar de segunda foi pensado por mim e executado com a ajuda da minha irmã. Para entrada havia espetadinhasde ananás e bacon e patês.  O prato principal foi rolo de carne recheado com queijo e fiambre e a sobremesa foi tiramissu. Quando eu descubro uma receita que resulta bem, repito-a sempre várias vezes. Para além disso, fiz brigadeiros de chocolate e de cocô e o bolinho de cenoura que serviu de bolo de aniversário. Espero que gostem das fotografias.



Para o bolo de chocolate com cobertura de chocolate precisei de:

1 iogurte (utilizei um sólido com aroma de pêssego)
5 ovos
300g de açúcar
1dl de óleo
1 laranja (a raspa)
280g de farinha
1 colher de fermento em pó
200g de cenoura ralada
200 g de chocolate de culinária
Manteiga e leite q.b.

Preparação:

1: Comecei por bater o iogurte com as gemas e o açúcar. Adicionei o óleo e a raspa da laranja.
2: Envolvi a farinha com o fermento e a cenoura.
3: Envolvi as claras batidas em castelo.
4: Untei com manteiga e polvilhei com farinha uma forma redonda.
5: Levei  o bolo ao forno a 190º durante 50 minutos (o meu forno é lentinho).
6: Para a cobertura, derreti  o chocolate em banho Maria com um pouco de leite e com uma noz de manteiga. Cobri o bolo com este preparado e decorei-o com m&m.


quinta-feira, 17 de Janeiro de 2013

Tiramissu de vinho do Porto



Depois de alguns dias de pesquisa em revistas e livros de culinária, após quase desistir de participar no PASSATEMPO de aniversário  -"Vinho meu, minha Tentação” da Lenita, autora do blogue Tentações sobre a mesa, lá me veio a inspiração. Naturalmente sou uma pessoa criativa, gosto de cozinhar, de preparar surpresas, tenho jeito para trabalhos manuais e ideias para actualizar aqui o blogue, mas desta vez as ideias tardaram…Dei por mim várias vezes a imaginar sobremesas com vinho, mas dificilmente conseguia dar o devido destaque ao ingrediente principal, o vinho. Pensei  em fazer um prato salgado, mas nenhum deles  me pareceu adequado para uma festa de anos.

Domingo acordei resolvida a fazer tiramissu e porque não usar essa receita para o passatempo da Lenita? Fui ao supermercado, comprei as coisas que precisava e uma velinha. Depois foi só usar a imaginação e preparar uma sobremesa deliciosa.

Espero que seja do teu agrado Lenita, cá em casa adoramos. Tenho a certeza que vou repetir esta receita muitas vezes. Mais uma vez PARABÉNS ao teu blogue e a ti por o manteres original e único.


Para o tiramissu precisei de:

3 ovos grandes
60 g de açúcar
1 colher de chá de açúcar baunilhado
Palitos de La Reine
250 g de queijo mascarpone
1 dl de café forte levemente açucarado
1 dl de vinho do Porto
Chocolate em pó

Preparação:

1: Em primeiro lugar comecei por separar as gemas das claras. Bati as claras em castelo.
2: Depois bati as gemas com os dois açúcares até se formar um creme esbranquiçado. Adicionei o queijo ao creme anterior  e bati novamente.
3: Envolvi  as claras em castelo ao preparado.
4: Passei rapidamente os palitos de La Reine pelo café misturado com o vinho do Porto, e fiz uma camada no fundo de um pirex, polvilhando-os com um pouco de chocolate em pó. De seguida, coloquei uma camada de creme, de palitos  e mais uma de creme.
5: Para finalizar polvilhei com chocolate em pó e deixei no frigorífico até ao dia seguinte.


sábado, 12 de Janeiro de 2013

Crepes



Ao longo da vinda cruzamo-nos com tantas pessoas, algumas continuam a fazer parte dos nosso dias e outras tendem a ficar para trás, ou ao lado, mas sem nos apercebermos da presença delas…ficam ali em silêncio…à espera do momento certo para aparecerem  ou para reaparecerem…Não sei bem o que acontece à amizade nesse tempo de separação, mas sou capaz de apostar, que não acaba…entra só num estado de dormência.

Os últimos tempos têm sido passados no Alentejo, apesar de já saber há algum tempo que os próximos meses serão no Algarve. Enquanto não chega a altura de partir, os dias têm sido divididos entre caminhadas ao ar livre, noites com os amigos e o quentinho da lareira que tem aquecido o corpo e que confirma que a minha alma é de cá.


Ontem  fui jantar a casa de um amigo, ofereci-me para fazer a sobremesa e lembrei-me de crepes! Para acompanhar  levei nutella e gelado de morango. Não recebi queixas, pelo que acredito que estavam bons…apesar de um ou dois terem um buraquinho! O jantar foi da inteira responsabilidade de um dos anfitriões, que mais uma vez cozinhou um polvinho apanhado por ele aqui na costa. Estava tão saboroso que não sobrou nem uma perninha para contar a história!


Para os Crepes precisei de:

100 g de farinha
1 pitada de sal
1 colher de sopa d açúcar
3 ovos
2,5 dl de leite
50 g de margarina

Preparação:

1: Comecei por colocar a farinha numa tigela, adicionei os ovos, o leite, o sal, o açúcar e a margarina.
2: Mexi muito bem.
3: Derreti um pouco de margarina numa frigideira anti-aderente, de seguida limpei-a muito bem para retirar o excesso.
4: Enchi uma concha pequena com o preparado e deitei na frigideira de forma a cobrir o fundo. Deixei o crepe cozer de um lado e virei-o coma a ajuda de uma espátula.

quarta-feira, 9 de Janeiro de 2013

Peixe no forno com limão e orégãos



No fim de semana passado foi altura de desmontar a árvore de natal e de tirar as decorações das janelas e da lareira cá de casa, mas também houve tempo reunir alguns amigos cá em casa. A lareira estava acesa e a mesa cheia de petiscos que comemos enquanto colocamos a conversa em dia. Para entrada fiz queijo brie com mel e nozes, queijocamembert gratinado com orégãos e alho e a minha mãe preparou uma saladinha de polvo.


Depois comemos caldo verde e peixe assado no forno, para finalizar deliciamo-nos com cheesecake de frutos vermelhos feito pela minha amiga Daniela e com bolo rainha e pudim de laranja. Para terminar um copinho de aguardente de medronho, que nunca pode faltar nestes nosso jantares!


Peixe no forno com limão  e orégãos:

Peixe (usei na maioria sargo)
Orégãos
Limão
Batatas
Tomate
Bacon em fatias
Sal
Vinho branco
Azeite

Preparação:

1:Começei por  cozer um bocadinho as batatas. Depois coloquei-as no fundo de um pirex e sobrepus rodelas de tomate.
2:Temperei o peixe com sal e recheei com uma rodela de limão e com orégãos. Coloquei-os sobre a cama de batata e de tomate.
3:Coloquei uma fatia de bacon em cima de cada peixe e uma rodela de limão. Coloquei um fio de azeite e vinho branco por cima do peixe.
4:Deixei assar durante 1hora, até o peixe estar assado.

*A receita original pode ser visitada no blogue da laranjinha, aqui.

segunda-feira, 31 de Dezembro de 2012

As receitas mais visitadas de 2012


Hoje  é dia de fazer a ultima publicação do ano. O entrecostos é ainda bebé, nem um ano tem, mas 2012 fica marcado na minha memória também pela sua criação. Foi um ano cheio de alegrias, e é só sobre isso que me apetece escrever, as coisas más já deram lugar a demasiadas conversas e aos poucos resolveram-se, as boas ficaram e espero que sejam motivo para comemoração durante muito tempo. Terminei o mestrado neste ano, também arranjei emprego, passeei muito, cozinhei para a família e para os meus amigos, recebi notícias tão boas este ano que nenhuma coisa menos boa se consegue sobrepor…

Quero aproveitar este último post de 2012 para agradecer aos 99 seguidores as suas visitas, os comentários simpáticos das pessoas que não conheço mas que me visitam regularmente e de quem sinto a falta quando por algum motivo passam mais tempo sem cá vir, das minhas amigas blogger, das minhas priminhas que me dizem sempre que vêm ver o que se passa por cá, aos meus amigos que não tendo blogue me visitam regularmente e a todos os outros que vêm ver as novidades. Obrigada, 2013 vai ser cheio de surpresas, espero continuar a contar com as vossas visitas!

Hoje não vou publicar nenhuma receita, mas fiz uma selecção das receitas mais visitadas ao longo deste ano.





Para além desta selecção das receitas mais vistas por vocês, também fiz uma com as minhas receitas preferidas…Algumas delas tão deliciosas que levei as minhas amigas a fazê-las, espero que sejam tanto do vosso agrado quanto são do meu.



Para terminar, queria deixar aqui um beijo muito grande para uma menina muito especial que hoje faz 15 aninhos. Parabéns querida afilhada, desejo que tenhas um dia muito doce!!!

quinta-feira, 27 de Dezembro de 2012

Ceia de Natal


A casa da minha tia enche-se de pessoas, alegria, comida, presentes e música por altura do Natal. Na mesa da consoada  não faltou o tradicional bacalhau, as couves e os doces da época como o arroz doce e os sonhos. Para além disso a mesa encheu-se de iguarias feitas pelas mãos da minha mãe, da minha tia e da minha prima que nos últimos anos tem sido promovida a cozinheira oficial das ceias de Natal.

Muitas famílias têm receitas típicas de Natal, que só são feitas por esta altura pelas mãos dos mais velhos. Na minha isso não acontece, mas há sempre uma taça de mousse de chocolate encomendada de ano para ano, por uma das convivas. Para além da comida, tivemos também a visita do pai Natal, que apesar dos tempos de crise, não nos deixou ficar mal e distribuiu prendinhas por todos, sendo que a mais importante de todas é estarmos juntos por esta altura.

Deixo-vos algumas fotografias tiradas nessa noite, espero que o vosso Natal tenha sido cheio de alegria e luz como foi o meu.

Ementa da Ceia de Natal:

Entradas: Enchidos, queijos, pastéis de bacalhau, conquilhas, camarão cozido e patés


Sopa: Creme de coentros


Prato Principal: Bacalhau com todos e lombo no forno com castanhas e batatinhas


Sobremesas: Arroz Doce, tronco de Natal, morgado de amêndoa,  sonhos, mousse de chocolate, pão de ló,  bolo rainha e bolo rei


quarta-feira, 19 de Dezembro de 2012

Fajitas Mexicanas



Já escrevi aqui no blogue que adoro o Natal, ou melhor, adoro todo o ambiente natalício. Gosto de fazer a árvore de Natal, de pensar nos presentes que vou oferecer, gosto de tratar dos embrulhos e dos jantares com os amigos que se fazem às custas desta época.

 Este fim de semana dei início aos meus compromissos natalícios, o primeiro jantar foi na casa da minha irmã. O convite tinha sido enviado há  quase um mês, mas os preparativos para a defesa da tese não me deixaram pensar muito no assunto…Assim, o dia chegou num instante e domingo lá estávamos todos reunidos à volta da mesa a pôr a conversa em dia e a saborear um jantar delicioso que de típico de natal não tinha nada, mas que foi do agrado de todos. O convite foi feito pela minha irmã, à semelhança de outros que aparecem por vezes aqui no blogue, e o tema também foi pensado por ela.


Para entrada havia nachos, guacamole e um molho picante de que todos gostamos, mas do qual não sei o nome. O Prato principal foi fajitas Mexicanas e para sobremesa brownies picantesde chocolate e nozes feitos pela Candy. Estava tudo muito saboroso e achei a ideia do jantar mexicano maravilhosa, acho que temos de repetir mais vezes, de preferencia com a presença da Maria que infelizmente não pode estar connosco desta vez.


Para as fajitas Mexicanas precisamos de:

 (receita para 10 fajitas)
10 tortilhas de milho
2 pimentos vermelhos
2 pimentos verdes
2 pimentos amarelos
2 cebolas médias
2 limas
1kg de carne de perú (também se pode utilizar frango)
2 saquetas de tempero para fajitas (compramos no Jumbo)´
Azeite e sal q.b.

Preparação:

1: Começamos por  cortar a carne em tirinhas e temperamo-la com o sumo das limas e sal. Deixamos ganhar o sabor por 30minutos.
2: Picamos os pimentos e a cebola às tiras, de seguida refogamos o pimento em azeite e assim que ficou macio adicionamos a cebola e deixamos refogar mais algum tempo.
3: Escorremos a carne (de modo a retirar o sumo da lima) e juntamos ao refogado. Deixamos cozinhar alguns minutos e acrescentamos as duas saquetas de preparado (a quantidade adicionada deve ter em conta o gosto de cada um por comida picante). De seguida tapamos o tacho e deixamos apurar.
4: Por fim aquecemos as tortilhas numa frigideira anti-aderente, cerca de um minuto em cada lado.
5: Servimos com salada e arroz colorido.